Como Deve Ser Feito a Pintura Automotiva Para Não Ter Prejuízos!

//Como Deve Ser Feito a Pintura Automotiva Para Não Ter Prejuízos!

Como Deve Ser Feito a Pintura Automotiva Para Não Ter Prejuízos!

Quando queremos modificar a aparência do carro é sempre a cor que fica em primeiro lugar, sendo esta a principal mudança que irá ocorrer.

A pintura automotiva é essencial para preservar a aparência e segurança de um veículo.

No entanto, no momento de fazer o uso dos recursos necessários para realizar uma pintura automotiva é preciso seguir algumas regras que estão determinadas no Código de Trânsito Brasileiro.

Você pode por exemplo, deixar que a pintura cubra todo o veículo, desde que realize o processo respeitando a limitação designada pela lei.

É importante atentar-se também no tipo de tintura que a pintura automotiva será realizada. O tipo de tinta fará toda a diferença.

No entanto, caso ainda não possua conhecimento sobre os tipos de pintura automotiva, não se preocupe, é sobre isso que iremos falar a seguir.

Conheça os tipos de pintura automotiva

As tintas automotivas são tinturas especificas para realizar a pintura de carros.

Existem tintas automotivas de mais de um tipo, são eles: Sólidas, metálicas e perolizadas. Saiba sobre as características de cada um deles abaixo:

Tinta automotiva sólida: A pintura do tipo sólida é sem dúvidas a mais comum de todas, sendo assim a mais utilizada. Além disso, as tinturas sólidas costumam ser também as tinturas mais baratas.

Tinta automotiva metálica: As tintas metálicas têm um efeito interessante, uma vez que ela faz com que o veículo fique com uma cor mais bonita, mais vibrante, bem como costuma refletir mais a luz.

No entanto, não se trata de um tipo de tinta muito barata.

Tinta automotiva metálica perolizada: A tintura metálica perolizada é a mais cara de todas. Esse tipo possui pó de pérola além de alguns pigmentos minerais.

No entanto, a vantagem em utilizar este tipo de tintura, é devido ao brilho que o mesmo proporciona para o veículo.

Algumas dicas para que sua pintura fique preservada por muito mais tempo, é sempre evitar fazer polimentos em excesso ou realizar a limpeza com a ajuda de produtos neutros.

Junta homocinética

A junta homocinética possui um funcionamento muito simples e sua manutenção é sempre facilitada.

E embora possua muitas facilidades, esta é também uma das principais peças na mecânica de um veículo.

Para se ter uma ideia, um pequeno problema na junta homocinética pode ocasionar um grave acidente, e você já entenderá o porquê.

A função desta junta é levar a força do motor do carro até as rodas de tração, o que faz com que as mesmas consigam girar de forma correta.

Como funciona a junta homocinética?

A junta homocinética é formada por um determinado sistema de rolamento, que por sua vez, faz com que haja uma variação na posição do eixo da roda do automóvel.

Uma junta homocinética funciona fazendo a ligação de um semieixo da transmissão com um cubo da roda.

Elas são utilizadas com frequência para substituir juntas cardans ou juntas universais, como também são chamadas.

Caso as juntas homocinéticas fossem inexistentes, as rodas dos veículos ficariam travadas, ou muito provavelmente iriam perder a tração após esterçar em locais como buracos, elevações, etc.

Embora as juntas homocinéticas sejam fáceis de compreender, o seu grau de importância na composição de um automóvel é muito perceptível.

Além disso, as juntas homocinéticas costumam possuir alta durabilidade, funcionando perfeitamente por muitíssimo tempo.

O que pode fazer com que as mesmas estraguem é sem dúvidas o seu mal-uso, como por exemplo, uma personalização ruim do carro, entrada em buracos, etc…

O mal-uso poderá ocasionar problemas como rachadura no eixo do veículo, na junta cinética ou até mesmo no cubo da roda.

Um problema como esse pode, por sua vez, proporcionar um problema em todo o sistema de rolamento.

Metrologia automotiva

Conforme o tempo as peças de um carro não funcionam mais ou se desgastam, quando isto ocorre, o normal é sempre buscamos uma avaliação de um mecânico ou substituição das mesmas.

A metrologia automotiva é de extrema importância para a reparação de um automóvel, uma vez que um mecânico consegue definir o futuro do veículo através da revisão do mesmo.

Por exemplo, é através de uma revisão que poderá ser decidido pelo mecânico se irá recondicionar, reutilizar ou até mesmo realizar a substituição de uma determinada peça.

Motor fundido

Um dos maiores problemas enfrentados por motoristas é o caso do motor fundido, que de tão comum, é um dos principais casos que aparecem em uma oficina.

Para quem anda não tem conhecimento, é chamado de motor fundido, o motor de um veículo do qual não funciona mais ou que esteja travado.

Nesse caso, o único som vindo no momento de sair com o carro, é o ruído provocado pelas peças metálicas que se chocam.

Quando um motor é identificado com esse problema, é necessário levantar um diagnóstico, que por sua vez, irá demonstrar o tamanho do prejuízo provocado.

Infelizmente quando um motor fica fundido, consertar pode ser algo muito arriscado, pois um problema como esse é sempre profundo.

O melhor a se fazer nesses casos é adquirir um motor novinho em folha.

Ferramentas para mecânico automotivo

ferramentas de oficina mecânica

Todo mecânico automotivo que realiza um bom trabalho sabe da importância de se ter excelentes ferramentas para executar bem a sua função.

Abaixo esclarecemos sobre as ferramentas essenciais e indispensáveis para a realização de diversos procedimentos mecânicos.

1-Paquímetros

Um paquímetro nada mais é que uma pinça utilizada com o objetivo de medir dimensões de variados tipos de objetos com o máximo de precisão possível.

Os paquímetros também são bastante conhecidos como instrumento de precisão.

Ele pode ser utilizado pela mecânica para a medição de distância externas ou internas, podendo ser um paquímetro manual ou digital.

2-Soquetes

Quando falamos em chaves soquetes é importante entender que ela é uma das principais ferramentas para soltar ou mesmo apertar parafusos e porcas.

Através de um bom jogo de soquetes um mecânico automotivo consegue alcançar qualquer porca que haja a necessidade.

É muito comum a venda de soquetes com as chaves de catraca, uma vez que a mesma ajuda na hora de realizar o trabalho.

3-Manômetros e micrômetros

Um manômetro é um item essencial para conseguir realizar a medição da pressão de fluidos que preenchem recipientes fechados.

É bastante utilizado em circuitos pneumáticos ou hidráulicos.

Forte Abraço!

2018-12-05T18:01:54+00:00

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário